Blog

Sócio Administrador do Arvorecer Centro de Eventos e Desenvolvimento Humano. Consultor em Treinamento e Desenvolvimento, especialista em Educação Experiencial. Formação de Consultor DISC pela reconhecida Etalent.

Branding em eventos: por que você precisa pensar nisso - Parte I

Branding em eventos: por que você precisa pensar nisso - Parte I

Em inglês, brand significa marca e branding, é referente à gestão da marca em si. Mas, ao contrário do que muitas pessoas pensam, é diferente de ter apenas uma marca gráfica para o seu evento.


Trata-se de comportamento, experiência e é um passo fundamental para definir o que é, e não apenas o que faz. Fazer a gestão de uma marca é construir e fortalecer sua identidade, consolidando todos os seus pontos de contato e unindo o posicionamento ao modelo de negócio. A percepção que os participantes têm de um evento pode ser controlada através do branding e de suas aplicações

Branding em eventos

Mas afinal, o branding fará diferença em meu evento? Sim, e muita! Os eventos estão em contato direto com o público antes, durante e depois do evento, interagindo de maneira próxima. O branding, além de consolidar a marca da sua empresa, vai transmitir os valores e a cultura e melhorar ainda mais a experiência dos seus participantes

Diferenciação

 Como não ser mais do mesmo em um evento? Defina seus objetivos, sua abordagem e o produto que você irá oferecer.

 Depois disso, desenhe suas ações táticas a partir do propósito: ele é o maior direcionador para tomadas de decisão e o alinhamento permite que sua marca não seja percebida como esquizofrênica: em cada ponto de contato, uma mensagem. Ao saber o que te faz único, as ideias promocionais ou de comunicação têm muito mais personalidade e potencial de diferenciação.

Que tipo de experiência você quer causar em um evento? Pelo que você quer ser lembrado? Folders e outros materiais tradicionais de comunicação são largamente

utilizados e muito provavelmente seu cliente sairá do evento com uma pasta cheia deles. Você pode se diferenciar na abordagem comercial, no valor ofertado, na comunicação, nas ações paralelas, no tema do estande ou na caracterização de sua equipe, mas o alinhamento com os conceitos da sua marca fortalece a diferenciação e cria um vínculo que direciona para resultados muito mais tangíveis. 

Identidade

 Toda marca tem uma identidade, quer você tenha definido isso ou não. Quando a gestão da marca não foi estruturada, a forma como as pessoas percebem um negócio cria a identidade e o espaço que ele ocupa no mundo. A autora Ligia Fascioni defende que, assim como as pessoas, as marcas têm atributos essenciais - aqueles aspectos de nossa personalidade que não mudam - e os acidentais, que variam conforme mercado, abordagem ou estratégia comercial.

O sucesso da participação em um evento é diretamente relacionado à força que a personalidade do seu negócio é apresentada e sentida pelos participantes. Identidade é muito mais do que o seu produto ou serviço: é seu propósito, aquilo que é único e desperta identificação; seus diferenciais reais, aqueles que vão além da qualidade e foco no cliente; sua essência; seu comportamento; seu modelo de negócio, seus valores e bandeiras. A identidade de uma marca é poderosa quando única e verdadeira, tornando sua participação muito mais marcante e relevante. 

Experiência dos participantes

Qual seu objetivo ao criar ou participar de um evento? O tempo é muito escasso e a velocidade com que as pessoas circulam é alta, portanto, compreenda o que os participantes estão buscando. Quais as dores que o evento está sanando? E quais as dores que só você pode resolver?

O mapa da empatia é uma ferramenta simples que aponta, sob outra ótica, quais as demandas do seu público e quais pontos podem ser abordados, seja no discurso de venda ou nas ações promocionais dentro de um evento. A experiência não precisa ser limitada aos dias do evento. Através do mapeamento da Jornada do usuário, que permite conhecer sua personalidade e comportamento, é possível planejar ações de engajamento, seja para surpreender o participante durante o evento, atrai-lo ao estande ou como estratégia de pós-venda.

 Não existe regra para promover uma experiência, mas uma marca bem consolidada é o primeiro passo para fazer com que uma ação seja sentida e faça sentido.

 

 Fonte: mobLee

Continuar lendo
64 Acessos
0 comentários

Primeira etapa para criar um treinamento

Primeira etapa para criar um treinamento

Um treinamento, mais do que apenas uma reunião de colaboradores para transmissão de conhecimento, é um processo que deve ser planejado com calma e cuidado, para que ele possa trazer os melhores resultados possíveis.

Portanto, a primeira etapa para criar um treinamento se resume a bastante estudo e planejamento. São eles que vão te guiar no restante do processo e garantir a eficácia do que está sendo investido.

Continuar lendo
50 Acessos
0 comentários

O AUTOCONHECIMENTO COMO ALIADO CONTRA A DEPRESSÃO E A ANSIEDADE

O AUTOCONHECIMENTO COMO ALIADO CONTRA A DEPRESSÃO E A ANSIEDADE

Recentemente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou um relatório com as estimativas globais de saúde mental e depressão, e os dados são alarmantes.

A estimativa principal é de mais de 300 milhões de pessoas com depressão atualmente, em todo o mundo. Além disso, quase a mesma quantidade de pessoas sofre de vários tipos de transtornos de ansiedade. Muitos ainda lidam com depressão e transtornos de ansiedade ao mesmo tempo, aumentando os riscos de perda de saúde física, incapacidade laboral e até mesmo de morte.

Continuar lendo
61 Acessos
0 comentários

Treinamento Vivencial: interação, ação e reação para o sucesso

Treinamento Vivencial: interação, ação e reação para o sucesso

Que tal sair do ambiente de trabalho para um local informal, construir equipes de alta performance, descobrir pontos fortes e pontos a serem melhorados de colaboradores das mais diversas áreas de atuação? É exatamente o que acontece em um treinamento vivencial.

Continuar lendo
88 Acessos
0 comentários

TREINAMENTOS FOCADOS EM AÇÃO E RESULTADOS

TREINAMENTOS FOCADOS EM AÇÃO E RESULTADOS

Temos convivido com diversas situações onde os treinamentos são postos em cheque. Os eventos acontecem, mas os resultados aparentemente não são os esperados.

Em uma visão pragmática, resultado é uma consequência de performance. Uma das consequências da melhoria de performance é a capacitação da sua equipe. Mas quais seriam as outras?

Continuar lendo
176 Acessos
0 comentários

5 benefícios dos eventos corporativos

5 benefícios dos eventos corporativos

Quais os benefícios de um evento corporativo? Por que minha empresa deveria organizar um?.

Depois de anos estudando este mercado e reunindo bons argumentos para apresentar resposta a estas dúvidas, listamos os benefícios que um evento traz para uma empresa, seus colaboradores, clientes e parceiros.

Continuar lendo
104 Acessos
0 comentários

A quantidade de pessoas pode influenciar na disposição da sala?

A quantidade de pessoas pode influenciar na disposição da sala?

Digamos que a empresa X possui um número pequeno de funcionários (10 funcionários) e gostaria de realizar uma capacitação interna.

De acordo com o tamanho da equipe, qual o layout que você acha mais adequado?

E se fosse uma empresa com um número médio de funcionários (30)?

E um número maior (100 funcionários)?

Continuar lendo
191 Acessos
0 comentários

Como organizar um workshop empresarial?

Como organizar um workshop empresarial?

Quando começamos a produzir eventos específicos para empresas, estamos organizando na verdade uma poderosa ferramenta de marketing institucional e construção de marca. E é aí que um workshop pode ser uma boa pedida!

O objetivo do evento corporativo é deixar gravado na memória das pessoas a marca da empresa, o segmento que ela atua e o que ela oferece, além de ser uma oportunidade para fazer networking e fechar novas parcerias.

Continuar lendo
139 Acessos
0 comentários

3 DICAS DEFINITIVAS SOBRE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO

3 DICAS DEFINITIVAS SOBRE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO

Olá! Hoje vamos falar sobre algumas observações que podem fazer muita diferença na hora de trabalhar com o treinamento e desenvolvimento de pessoas nas organizações.

Dica 1

De tanto usarmos a expressão “Treinamento e Desenvolvimento”, ou ainda “T&D”, podemos acabar por esquecer que treinar possui um significado específico e diferente de desenvolver. Não é verdade?

Continuar lendo
213 Acessos
0 comentários

As 3 dicas de ouro para criar pesquisas de satisfação para eventos

As 3 dicas de ouro para criar pesquisas de satisfação para eventos

Pesquisas de satisfação agem como uma ferramenta poderosa para o produtor e para o público. Infelizmente, nem sempre o público se sente de fato ouvido e disposto a retribuir ao produtor. As pesquisas são uma oportunidade de espaço para o participante deixar sua opinião  – dessa forma, você poderá utilizar as informações fornecidas para melhorar cada vez mais suas produções.

Continuar lendo
234 Acessos
0 comentários

5 passos para evitar o burnout na organização dos eventos

5 passos para evitar o burnout na organização dos eventos

O que é burnout? Saiba como evitá-lo durante a organização dos seus eventos.

São tantos processos e operações que envolvem a organização e gerenciamento de eventos que você já nem sabe quantas noites foram mal dormidas, quantas xícaras de café você tomou ao longo do dia e quantas horas deixou de fazer uma simples pausa.

Continuar lendo
236 Acessos
0 comentários

Como motivar a equipe da empresa a participar dos eventos corporativos

Como motivar a equipe da empresa a participar dos eventos corporativos

A comissão organizadora de uma empresa se empenha para alcançar a demanda de determinada empresa e fazer um congresso, seminário ou qualquer outro tipo de evento corporativo com excelência. Porém, os funcionários, cuja presença é facultativa, não demonstram interesse em comparecer. Dessa forma, o evento não atinge seus objetivos e ainda desponta como um gasto de verba para a empresa. Mas o que pode ter acontecido para a situação ter esse desfecho? A resposta é uma: falta de alinhamento entre a organização do evento e os funcionários da instituição.

Continuar lendo
246 Acessos
0 comentários

6 dicas fundamentais para fazer visita técnica em espaços para eventos

Depois de definir o evento, escolher o local para ele acontecer, criar o site e começar a promoção e venda de ingressos e inscrições, a ansiedade vai aumentando junto com a chegada do grande dia. Algumas semanas de antecedência ou alguns dias (caso você já conheça o local ou já tenha organizado um evento ali antes), é muito importante fazer a chamada visita técnica.

Esta vistoria pré-evento tem como objetivo verificar se o local está apto a receber o seu evento e se todo o planejamento e cronograma poderão ser seguidos à risca.


É aí que entra a importância do briefing para realizar a visita técnica. De nada adianta chegar lá no local e não saber as perguntas certas e depois ter que ficar trocando e-mails e ligações para ajustar às necessidades. 

1. Verifique a acessibilidade

Em todos os sentidos, seja em relação ao deslocamento até o local, como estacionamento e fluxo do trânsito em horários de pico, até o acesso de pessoas com deficiência. Isso, você já pode ser conferido enquanto está indo até o espaço proposto.

2. Perceba o local 

Sempre que chegamos em algum lugar, é possível perceber a estrutura física e humana, como são os banheiros, a pintura, a limpeza, o funcionamento do ar condicionado, o atendimento. Tudo isso é um diferencial para o participante no dia do evento. Não se acanhe e peça para ver tudo!

3. Leve suas necessidades por escrito

Nem sempre dá para confiar na memória, faça um checklist das suas necessidades principais, como capacidade de público, formato de evento e disposição de cadeiras, foyer para coffee break, projeção, aparelhos de áudio e vídeo e todos os detalhes que dependem do local do evento e não do organizador.

4. Verifique o economato

O economato é quando um local para eventos tem um serviço próprio de coffee break e restaurante. Alguns lugares não permitem que você leve sua própria térmica de café ou a contratação de empresas que fornecem serviços de alimentação para eventos. Deixe claro e questione se o coffee precisa ser interno, bem como as águas dos ministrantes, ou se você pode terceirizar o serviço à sua escolha.

5. Alimentação

Mesmo que o evento não ofereça alimentação (Fóruns que irão durar um dia inteiro, em que o almoço não está incluso, por exemplo), verifique se o próprio local disponibiliza restaurante e quais são os valores. Caso não ofereça, questione o que há nas proximidades. Não se esqueça que a tentativa do desconto para seus participantes sempre é válida.

6. Hospedagem

É sempre bom lembrar se você terá convidados de fora da cidade, que precisarão de hospedagem e translado. Leve em consideração a distância do aeroporto ou rodoviária, dependendo da situação, e se o local oferece estadia (às vezes o evento vai ocorrer em hotel e é legal verificar se eles oferecem um desconto nos apartamentos, afinal você vai levar um grupo de possíveis hóspedes para realizar seu evento!). 

Ao final da visita, sempre é importante oficializar o que foi tratado pessoalmente, para que não ocorra falha na comunicação ao realizar o evento. Se o local prometeu, registre isso e cobre o combinado.

Esperamos ter ajudado e que faça ótimas escolhas e visitas técnicas no local em que acontecerá o seu evento!

Guest post escrito por Juliana Müller.

Texto extraído: https://www.eventbrite.com.br/blog/pre-evento/visita-tecnica-em-espacos-para-eventos-ds00/

Continuar lendo
233 Acessos
0 comentários

Integridade

Em um mundo competitivo e complexo, é muito fácil “se perder de si mesmo”. Fazemos concessões e abrimos mão da nossa própria natureza para buscar a atuação, a qualquer custo, no mercado de trabalho. Algumas pessoas fingem para si mesmas ou para os outros, que adoram o que fazem, seja por medo de perder status ou prestígio, perder sua posição ou não garantir a própria sobrevivência no emprego. Às vezes, fingem por anos a fio e, ao final, contemplam o desperdício que fizeram de suas vidas.

Continuar lendo
252 Acessos
0 comentários

Relação entre conforto térmico na sala de aula ou auditório e o rendimento da atenção e da memória dos participantes

 Já não é de hoje que percebo em alguns clientes a despreocupação com as questões que envolvem o conforto térmico no auditório e o rendimento da atenção e memória dos participantes. É muito comum perceber que há um desconhecimento por parte das pessoas sobre o que favorece (ou não) a absorção da informação dentro de um ambiente interno. Digo "interno" pois aqui quero tratar sobre as condições térmicas de um ambiente que favoreçam a retenção do conhecimento, seja num treinamento, palestra, workshop, seminários, encontros religiosos e atividades afins. 

Continuar lendo
373 Acessos
0 comentários

Mercado de eventos: como será o futuro desse segmento?

Devido à expansão dos mercados, as empresas precisam cada vez mais adotar estratégias de diferenciação para permanecerem no mercado e serem escolhidas pelos consumidores. O mercado de eventos corporativos sempre foi uma importante ferramenta de marketing para prospectar novos negócios, estimular o networking e se atualizar sobre as novidades. Neste post, vamos mostrar quais as maiores mudanças previstas para o mercado de eventos e quais os desdobramentos que tais mudanças trarão, impactando a evolução das indústrias e a maneira de organizar e produzir eventos corporativos.

Continuar lendo
395 Acessos
0 comentários

Aprendizagem Experiencial - Por que ela é tão importante para adultos?

No mundo de hoje, em que tudo é mais complexo e as coisas parecem acontecer muito mais rápido, estamos constantemente repensando o jeito de como aprendemos e absorvemos conhecimento para acompanhar todas essas mudanças. Se olharmos o básico de como aprendemos e nos preparamos para a vida quando éramos crianças, notaremos que quase toda aprendizagem é feita através da experiência. Nós experimentamos algo, refletimos sobre aquilo, criamos conceitos e aplicamos esses conceitos para testar e verificar, e assim por diante. Este é o caminho mais rápido e natural para compreender e absorver conhecimento.

Continuar lendo
556 Acessos
0 comentários

Design thinking: uma ferramenta de inovação na organização de eventos

As novas tecnologias trouxeram, nos últimos anos, uma série de avanços e recursos de inovação na organização de eventos. Eles ficaram mais atrativos e participativos, estenderam seu alcance e acompanharam as mudanças de hábitos dos usuários, particularmente no que se refere ao mobile. Para integrar todas essas inovações no contexto de eventos que já vem sendo realizados há muito tempo, uma boa dica pode ser investir no design thinking – que, por sinal, pode ter muito a ver com o uso de aplicativos para eventos.

Continuar lendo
688 Acessos
0 comentários

Por que a identidade visual do seu evento corporativo é tão fundamental?

Feiras, congressos, palestras, convenções ou painéis. Independentemente da modalidade, um evento corporativo precisa ter algo que o torne diferenciado dos demais. Criar uma identidade visual para esse tipo de ocasião é importante para vestir o evento, fazer com que ele seja facilmente reconhecido e, principalmente, memorável. Tanto para a empresa organizadora quanto para os seus parceiros e patrocinadores, uma identidade visual bem planejada e construída ajuda a fixar sua marca na mente do público participante.

Continuar lendo
885 Acessos
0 comentários

O Poder da Aprendizagem Experiencial

Dez anos atrás, quando conheci a Educação Experiencial, fiquei boquiaberto e encantado ao ver a beleza e o resultado dos projetos nas instituições brasileiras. Desde então tenho acompanhado de perto a evolução e o desenvolvimento da aprendizagem experiencial em vários contexto; seja numa escola, empresa, grupo religioso, comunidades locais, etc. Ao participar de alguns projetos, pude perceber que a aprendizagem experiencial - apesar de ser conhecida e aplicada há anos no Brasil -  ainda carece de um fortalecimento da consciência da sua aplicação para educar as pessoas pela experiência. E dentro desta visão de fortalecimento, acredito ser importante o resgate da forma como hoje educamos nossas crianças, jovens e adultos. Estamos, então, falando da relação entre a força da Pedagogia e da Andragogia.

Continuar lendo
877 Acessos
0 comentários